Latest Posts:

Introdução à Aquariofilia - Parte IV - Ambientar os vossos animais

Olá a todos!

Depois de umas merecidas férias, eis que retorno ao Barbatanas. Portanto, na última publicação ficámos nos parâmetros da água para que tudo esteja OK para os vossos novos inquilinos.

Agora, é hora de inseri-los, finalmente, no aquário! Se ainda têm dúvidas no que adquirir, vejam esta publicação para terem umas ideias.

Eis o que aconteceu, foram à loja, viram uns peixes sob os quais já tinham alguma (lei-se bastante) informação, estão dentro das espécies que são apropriadas às condições do vosso aquário, certificaram-se de que os peixes estão activos, sem doenças, falta de escamas, barbatanas em boas condições e que estão a comer correctamente, certo? 

Quando vão comprar algum animal, devem ter pelo menos estes factores em consideração, a fim de não ficarem com nenhum desgosto nem de terem prejuízo na carteira.

O trajecto loja de animais -> casa, deve ser ser o mais curto e rápido possível (atenção ao excesso de velocidade! :P ).

Agora que estão em casa, ambram o saco e dobrem a parte de cima algumas vezes, de forma a que fique a flutuar sem auxílio no aquário. Enquanto o saco está no aquário, a temperatura das águas irá igualar, mas este é o menor dos vossos problemas!

O choque de pH é muito mais grave. Para minimizarem as diferenças de pH entre a água da loja e a do vosso aquário, deverão adicionar metade de um copo de água do aquário a cada 15min, durante 1h, mas poderão aumentar o tempo, assim como diminuir o volume de água que adicionam, se tiverem comprado espécies mais delicadas.

Passado este tempo, estão prontos para soltarem as vossas adições ao tanque, com o auxílio de uma rede (nunca utilizem as mãos, nem deitem a água do saco para dentro do aquário, pois poderá ter doenças e parasitas indesejados).




Se por acaso tiverem um aquário extra, com os mesmos parâmetros, pronto para ser um aquário hospital ou um tanque de quarentena, deverão preferi-lo para ambientar os peixes, pois assim evitarão que possíveis doenças proliferem no vosso aquário principal. Os peixes/invertebrados deverão ficar neste aquário de quarentena, pelo menos, duas semanas.

Desejo tudo de bom para vocês e para as vossas novas mascotes! Mas a série de publicações ainda não chegou ao fim. Agora que têm os vossos primeiros habitantes, a aventura vai começar!

Fiquem bem e... Até à próxima!

Consultem os outros artigos da série "Introdução à Aquariofilia":


Share on Google Plus

About João Figueiras

The author studied Marine Biologist and is a fishkeeper since the age of 12. The most exciting aspect of the hobby for him is to breed fish and develop certain strains of fish and invertebrates.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário