Latest Posts:

Parte V - Manutenção de um Aquário | Barbatanas Blog

Olá a todos!

Espero que os vossos novos animais de estimação se tenham adaptado bem à sua nova casa. Tudo correu bem e sem complicações, certo?
Bem, agora não basta deixá-los no aquário e alimentar todos os dias, há que ter alguma disciplina em relação à manutenção, mas se fizerem tudo como deve de ser, não vos ocupará mais que 1h por semana, 2h no máximo se precisarem de intervir mais agressivamente.




Portanto, comecemos pelo início:

-Alimentação: Os vossos peixes/invertebrados necessitam de serem alimentados cerca de 2 a 3 vezes todos os dias, variando ao máximo o tipo de alimentos que lhes oferecemos. Existem diversas opções no mercado, desde flocos, granulado, alimento liofilizado, congelado, pastilhas, para herbívoros, para carnívoros, etc. Existe praticamente de tudo. Aliás! Até podem confeccionar em casa o alimento para os vossos habitantes!

-Parâmetros: Todos os dias devem verificar a temperatura. Semanalmente devem verificar pH, Amónia, Nitritos e Nitratos. Geralmente em testes rápidos de fitas, estes são os que estão incluídos. Se tiverem peixes sensíveis, provavelmente também irão querer testar Kh e Gh. Se tiverem um aquário plantado, testar o Ferro e o CO2 não será má ideia de todo!

-Equipamentos/TPA's: Semanalmente ou Quinzenalmente irão querer fazer uma TPA e utilizar essa água do aquário para limpar as matérias filtrantes. Aspirem os resíduos do areão para não existir acumulação de matéria em decomposição. Não se esqueçam que podem utilizar a água do aquário para regar as plantas do jardim, já que é rica em nutrientes. Verifiquem se a vossa garrafa de CO2 ainda está suficientemente cheia ou se é necessário trocá-la. De 6 em 6 meses devem trocar as lâmpadas, mesmo que vos pareçam bem a sua eficiência diminuiu.

-Outros: Sempre que necessário retirem as folhas e peixes mortos, e reponham água ao aquário. Fertilizem também as plantas de acordo com o vosso plano de fertilização. Caso existam, limpem as algas que possam ter aparecido e verifiquem se as plantas necessitam de serem podadas.

Podem utilizar esta tabela, como guia ou podem fazer uma nova, semelhante a essa, como forma de controlar o que têm que fazer. 

Nunca se esqueçam: estão a lidar com seres vivos que dependem inteiramente de vocês, por isso, tratem-nos da melhor forma, tal qual como tratariam um cão ou um gato!

Fiquem bem e... Até à próxima!

Consultem os outros artigos da série "Introdução à Aquariofilia"
-Parte I
-Parte II
-Parte III
-Parte IV
Share on Google Plus

About João Figueiras

The author studied Marine Biologist and is a fishkeeper since the age of 12. The most exciting aspect of the hobby for him is to breed fish and develop certain strains of fish and invertebrates.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário

Most Trending